Jornalista e escritor Luiz Maklouf Carvalho morre aos 67 anos em SP

| DOURADOSNEWS / G 1


Luiz Maklouf Carvalho - Crédito: GloboNews

O jornalista e escritor Luiz Maklouf Carvalho, de 67 anos, morreu neste sábado, dia 16 demaio, no hospital AC Camargo, na região central da cidade de São Paulo. Ele tratava de um câncer de pulmão havia dois anos.

Nas redes sociais, a família lamentou a morte do jornalista. A filha, Luiza Maklouf, publicou um texto em homenagem ao pai.

'Deixa um legado para o nosso país, uma obra importante, 7 livros, centenas de reportagens. Um jornalista repórter investigativo dos poucos. Para mim e para muitos, o melhor! Para mim na verdade o melhor em tudo: na cozinha, na leitura, na escrita, na escuta, na direção, no xadrez, na posição política, na visão de mundo, no amor pelo mundão, na sensibilidade pra captar o melhor da música, da literatura, nossa!', escreveu a filha nas redes sociais.

O jornalista nasceu em Belém, no Pará, e era repórter do Estado de S. Paulo desde 2016. Ele também trabalhou nos jornais Resistência, Movimento, Jornal do Brasil, Jornal da Tarde, Folha de S. Paulo e das revistas Época e Piauí.

Em 2019, Maklouf publicou um livro sobre a vida do presidente Jair Bolsonaro, “O cadete e o capitão: A vida de Jair Bolsonaro no quartel”.

Foi vencedor de dois prêmios Jabuti de livro-reportagem por 'Mulheres que foram à luta armada' (Globo, 1998) e 'Já vi esse filme: Reportagens (e polêmicas) sobre Lula e/ou o PT' (1984/2005) (Geração Editorial, 2005).

Em julho de 2019, o escritor disse que a inspiração de seus livros estava nas próprias histórias.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE