Saúde de MS prevê chegar a mil casos de coronavírus de 7 a 10 dias

| DOURADOSNEWS / ADRIANO MORETTO


Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende - Crédito: Arquivo/Divulgação

O aumento constante do número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Mato Grosso do Sul, pode levar o Estado ultrapassar a marca dos mil casos confirmados pela doença em pouco tempo. 

A expectativa da Secretaria de Saúde é de que isso ocorra em no máximo 10 dias. 

O número preocupa, já que para chegar aos 508 registrados até hoje (16/5), foram necessários quase dois meses e meio desde o primeiro diagnóstico da doença em terras sul-mato-grossenses. 

“Se continuar essa média, de acréscimo diário de 6%, como verificamos atualmente, poderemos, daqui uma semana, no máximo 10 dias, duplicar o número de casos que chegam a 508 em Mato Grosso do Sul”, disse o secretário Geraldo Resende durante transmissão ao vivo na página do governo na manhã deste sábado.

O titular da pasta também alerta à população que cada vez mais os leitos públicos serão usados por pacientes em estados críticos. 

“Logicamente, essa duplicação [de confirmações da doença] vai levar a casos críticos, principalmente de pacientes que vão demandar uso de UTI’s em todo o Estado”, citou. 

Atualmente, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela SES, 23 pacientes estão internados nos hospitais. Do total, 15 estão em leitos clínicos – oito deles em unidades de saúde pública – e oito em UTI’s, quatro em hospitais públicos.  

No Mato Grosso do Sul, 15 pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus. São cinco óbitos em Campo Grande, outros quatro em Três Lagoas, dois em Batayporã e um nas cidades de Dourados, Paranaíba, Vicentina e Brasilândia. 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE