Câmara Municipal irá criar comissão pra investigar as circunstancias na morte por Corona Vírus no Quebra Coco

Carlos Henrique Olindo diz que não contesta de maneira alguma os testes que foram realizados mas, o mesmo acha que as informações que estão sendo repassadas à população são inconsistentes e frágeis

| CANALDAQUI


Foto: Divulgação

O Presidente da Câmara Municipal de Sidrolândia, Carlos Henrique Olindo anunciou na manha de hoje (12), que irá propor requerimento/indicação para a criação na próxima sessão ordinária da câmara municipal que se realizará na próxima terça-feira (16), de uma comissão formada pelos vereadores para investigar à fundo às circunstancias que levaram à morte, de uma moradora de 51 anos do Distrito de Quebra Coco que segundo a Secretaria de Saúde, teria vindo a óbito por decorrência do Corona Vírus.

Está correndo inúmeros boatos na sociedade, inclusive de dentro da própria Secretaria de Saúde, que a referida senhora não teria vindo a óbito em decorrência do Corona Vírus e sim, por complicações em seu frágil estado de saúde por possuir várias comorbidades que se agravaram nos últimos dias. Segundo informações, o primeiro teste rápido realizado na mesma teria dado negativo para o Covid 19, posteriormente, foi realizada a coleta do RT PCR da paciente que foi enviado ao Lacen (laboratório central estadual), teria sua testagem dada positiva para o Corona Vírus o que causou muita estranheza em toda a população.

Contactado via telefone, o Presidente da Câmara Carlos Henrique Olindo diz que não contesta de maneira alguma os testes que foram realizados mas, o mesmo acha que as informações que estão sendo repassadas à população são inconsistentes e frágeis requerendo assim, uma atuação mais concreta e bem mais incisiva por parte dos vereadores que são os representantes legais do povo.

“Respeitamos todas as ações da Secretaria de Saúde, mas ainda assim, os dados que foram apresentados até aqui são muito confusos, desencontrados, inconsistentes e carregados de dúvidas. Essa triste morte dessa senhora do Distrito de Quebra Coco, tem que ser melhor averiguada e investigada por que pegou todo mundo de surpresa e temos informações de bastidores, que não foi bem assim que ocorreu como estão dizendo. Estamos sob o efeito de um decreto de calamidade que autorizou a farra dos gastos na saúde sem as prerrogativas que a lei exige mais esse famigerado decreto, não isenta, não anula e nem tampouco retira o poder constitucional do vereador de fazer o seu papel que é o de fiscalizar e, assim o faremos. Iremos sim investigar a fundo todo esse ocorrido a e sociedade que é a mais interessada no que está acontecendo saberá em primeira mão as reais circunstancias que levaram essa senhora a perder a sua vida”. Finaliza o Presidente da Câmara Municipal.

 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE