Com 19 registros em junho, mortes por Covid-19 crescem 72,7% neste mês em MS

Somente na macrorregião de Dourados são 18 óbitos. Campo Grande é campeã entre municípios de residência das vítimas, com 8 registros. Total é 39 mortes

| MIDIAMAX


Sepultamento de vítima da Covid-19 em Dourados | Foto ilustrativa | Marcos Morandi | Midiamax

Com mais três registros de óbitos nas últimas 24h, ocorridos entre a terça-feira (16) e esta quarta (17), MS já totaliza 39 óbitos por Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Os números indicam crescimento de 72,7% nos óbitos somente neste mês de junho – que já teve 19 registros – contra os 11 relatados no mês anterior.

De acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), a macrorregião de Dourados, que reúne 33 municípios, segue na liderança com registro de 18 óbitos, seguidos pela macrorregião de Campo Grande (10), de Três Lagoas (9) e de Corumbá (2).

Em relação às microrregiões, Dourados também está à frente, com 14 relatos, contra 9 de Campo Grande e 7 de Três Lagoas. Corumbá, Nova Andradina e Paranaíba tem 2 registros, cada. Aquidauana, Naviraí e Ponta Porã figuram com um registro.

Em relação aos municípios de residência dos pacientes, Campo Grande está à frente, com 8 mortes. Dourados tem 7 registros (com um douradense que morreu em Tocantis), seguida por Três Lagoas, que tem 5 mortes relatadas. Com dois registros, cada, estão Batayporã, Paranaíba, Rio Brilhante e Corumbá. Itaporã, Iguatemi, Sidrolândia, Ponta Porã, Douradina, Deodápolis e Anastácio apresentam um óbito, cada.

O boletim epidemiológico do coronavírus desta quinta-feira (18) traz 110 novos casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul, elevando o total a 4.274 confirmações no Estado. No entanto, a SES (Secretaria de Estado de Educação) destacou que os dados são parciais e que não indicam queda de casos, já que um erro nacional na base de dados e-SUS VR, do Ministério da Saúde, só permitiu a compilação de dados referentes ao período entre as 19h01 da terça-feira (16) e meio dia da quarta-feira (17).

Os registros que não entraram nas estatísticas apresentadas nesta quinta-feira, das 12h01 da quarta-feira até às 19h do mesmo dia, portanto, serão apresentados na próxima edição do boletim, conforme destacou o titular da SES, Geraldo Resende.

Clique AQUI para conferir o boletim epidemiológico na íntegra.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE