Bolsa Família: Governo suspende análises cadastrais por 180 dias

Atualização do Bolsa Família é feito por meio de visitas e por conta da pandemia, ministério suspendeu atividades

| MIDIAMAX


Bolsa Família faz parte do programa do Governo Federal. (Imagem: Rafael Lampert Zart)

As análises cadastrais do Bolsa Família e do Cadastro Único ficarão suspensas pelos próximos 180 dias, conforme informação divulgada pelo Ministério da Cidadania nesta semana. A decisão da pasta visa evitar a aglomerações das pessoas e a exposição dos trabalhadores ao risco de contágio do novo coronavírus.

A prorrogação foi publicada no Diário Oficial da União da última segunda-feira (20). De acordo com a portaria, a decisão levou em conta a “necessidade de continuar evitando aglomerações de pessoas e de evitar que os integrantes de famílias beneficiárias do Bolsa Família, assim como os cidadãos que trabalham em unidades de cadastramento destas famílias, exponham-se à infecção pelo coronavírus (Covid-19)'.

O Ministério da Cidadania também considerou que as análises do programa e do Cadastro Único nos municípios continua prejudicada por conta da suspensão das aulas. Além disso, a portaria citou unidades de saúde para atender os pacientes do coronavírus e o fechamento dos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social).

Saúde: País registra 1.311 mortes por covid-19, total chega a 84.082

Morre no Rio o cantor e compositor Sérgio Ricardo

Segundo a pasta, ficam suspensos processos como averiguação cadastral, revisão cadastral e a aplicação das ações de bloqueio, suspensão e cancelamento de benefícios financeiros, decorrentes do descumprimento das regras de gestão de benefícios do Bolsa Família.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE