Pela primeira vez na pandemia, HRMS tem 100% de leitos UTI ocupados

Foram dez internações em dois dias e demanda não acompanhou disponibilidade de vagas

| MIDIAMAX


Últimas vagas disponíveis em UTI foram ocupadas na quarta-feira. (Foto: Edemir Rodrigues)

Pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) tem 100% dos leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva) ocupados.

O último boletim divulgado pelo hospital informa que todos os 87 leitos críticos e semicríticos para tratamento de pacientes com Covid-19 estão ocupados no hospital que é referência do governo estadual para receber infectados pela doença.

Ainda conforme os dados divulgados pelo HRMS, até a tarde de quarta-feira (29), havia 161 pessoas internadas com coronavírus na unidade. Destes, 71 estavam em estado grave e outros 89 na enfermaria, além de uma internação em UTI pediátrica.

Avô acusado de estuprar menina de 12 anos ganha liberdade dois dias após prisão

Alvo de procedimentos administrativos, táxi aérea de MS pede suspensão temporária na Anac

O número de internações em leitos UTI estava crescendo em ritmo rápido. Assim, na segunda-feira, havia 77 pacientes em UTI. Em dois dias, o número subiu para 87 e esgotou a disponibilidade no HRMS. O hospital deve ganhar, em breve, novas unidades de leitos UTI.

Também de acordo com a atualização, o hospital atingiu a marca de 700 confirmações de casos de Covid-1, sendo 104 eram de funcionários. Destes, 55 já estão recuperados. Outros 161 estão internados e 354 pacientes já foram considerados curados. No total, foram 84 óbitos no hospital.

Na macrorregião de Campo Grande, segundo informações da SES (Secretaria de Estado de Saúde), dos 234 leitos de UTI oferecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), 215 estavam ocupados na quarta-feira, o que representa 92% de ocupação.

Ônibus de testagem para coronavírus estaciona no distrito de Rochedinho nesta quinta-feira

Pandemia em casa: mais de 2 mil presos vão para regime domiciliar em MS

MS tem frio de 4ºC nesta quinta-feira; Campo Grande registra 12ºC

A ocupação de leitos em Campo Grande é gera preocupação entre as autoridades, levando a medidas como a abertura de vagas em UTI em hospitais. Isso já ocorreu no Hospital de Câncer Alfredo Abrão (14 leitos) e Santa Casa (10), com outros 10 a serem inaugurados no Hospital Universitário. Além disso, diárias clínicas e em UTIs na rede privada foram contratadas e já se encontram em uso no Hospital do Pênfigo, El Kadri, Clínica Campo Grande e Proncor.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE