Polícia diz que motorista de aplicativo não cometeu assalto e esclarece caso

Crime teria sido cometido supostamente durante uma corrida

| MIDIAMAX


Investigações foram conduzidas pela Derf. Foto: Divulgação

A Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) informa que não há motorista de aplicativo cometendo roubo durante transporte em Campo Grande. Por meio de nota divulgada nesta sexta-feira (31), a Polícia Civil disse que o caso foi esclarecido com ajuda de familiares de uma pessoa que teria se envolvido na ocorrência e que tem problemas psiquiátricos. 

Informações iniciais apontavam que o motorista estaria roubando os passageiros. Uma das vítima pediu corrida do bairro Guanandi Até a Vila Piratininga e, durante o percurso, recebeu voz de assalto do condutor do veículo.  “A Polícia Civil esclarece que toda a ocorrência já foi esclarecida, e que um dos envolvidos possui doença psiquiátrica, o que foi prontamente esclarecido por familiares', limitou-se a dizer a polícia em nota, como forma de preservar os envolvidos.

Tio aliciador que enviou fotos pornográficas para sobrinha é indiciado em MS

Ex-funcionário e comparsas sabotaram ferrovia e causaram descarrilamentos por vingança



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE