Assassino de motoentregador é liberado após depoimento

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


O acusado, de 24 anos, deixou 1ª DP escondendo o rosto e sem falar com a imprensa - Crédito: Silas Lima/Campo Grande News

Bruno, 24, se apresentou na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande nesta manhã de terça-feira (18) para prestar depoimento. Ele confessou ter matado o o motoentregador, Emerson Salles Silva, 33 anos, durante briga numa lanchonete na Avenida Mato Grosso, na região central da cidade. As informações são do Campo Grande News. 

Ele contou aos policiais o local onde jogou arma que foi encontrada em seguida. Como já passou o período de flagrante e o pedido de prisão preventiva feito pela autoridade policial ainda não foi analisado pela Justiça, o rapaz foi liberado.

Bruno contou que trabalhava com Emerson em uma rede de farmácia há muito tempo, mas na lanchonete há cerca de dois meses e meio. Segundo o rapaz, ele e a vítima já haviam se desentendido anteriormente, por comentários e brincadeiras que Emerson fazia.

O estopim foi quando Bruno faltou o trabalho. ''A motocicleta do Bruno estragou e ele precisou faltar no trabalho terça e quarta. Emerson não teria gostado de trabalhar sozinho e começou a mandar mensagens para ele', disse o delegado.

O assassino do colega contou ainda que ao voltar ao trabalho, na noite de quinta-feira (13), Emerson iniciou uma discussão e o agrediu a socos. A briga foi separada por outros funcionários da lanchonete.

Segundo Bruno, mesmo mostrando arma, Emerson voltou a agredi-lo e por isso, atirou, “no calor do momento”.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE