‘Ignorância que eu paguei caro’, diz Cauan sobre vídeo ironizando Covid-19

Cantor que ficou internado na UTI com doença pede desculpa e diz que se arrepende de brincadeira

| MIDIMAX


Após deixar o hospital onde ficou internado com coronavírus (Covid-19), o cantor Cauan Máximo, que faz dupla com Cleber, pediu desculpas por um vídeo antigo em que ironiza a doença. Na imagem, gravada em março, o artista bate no peito e “brinca” que não tem medo do vírus. Atualmente, o músico disse estar arrependido pela forma como agiu e pediu que as pessoas “deem a importância que a Covid merece”.

Em entrevista ao Fantástico,  o sertanejo admitiu que pode ter cometido deslizes em relação à doença e que pode ter transmitido o vírus aos país, que atualmente estão hospitalizados.

“Infelizmente, cometi vários erros nessa pandemia […]. Por exemplo, meus pais estavam isolados já há cinco meses e, Dia dos Pais, eu estive com eles. E você exagera ali na emoção. Eu acredito que a gente tenha excedido um pouco. Num vacilo, eu transmiti pro meu pai. Minha mãe foi contaminada a posteriori, porque meu pai passou para ela. Então, o isolamento é essencial”, relatou.

midimax



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE