Vereadora solicita aparelho para fazer teste da orelhinha nos recém-nascidos no hospital de Itaporã.

A Lei federal nº. 12.303 está em vigor desde agosto de 2010

| ITAPORã AGORA


Vereadora solicita aparelho para fazer teste da orelhinha nos recém-nascidos no hospital de Itaporã.

A vereadora Lourdes Struziati (PROS), teve uma indicação aprovada por unanimidade pelos vereadores na sessão de segunda-feira (12/03).

 A indicação é uma solicitação da vereadora Lourdes Struzaiti em parceria com as vereadoras Célia Frota e Marlei Santos. Solicitam do Gerente Municipal de Saúde, Dogmar Angelo Petek, para que ele possa pleitear junto a prefeitura municipal, um aparelho otoacústico, para que seja feito o teste da orelhinha nos bebês recém-nascidos no hospital Lourival Nascimento da Silva em Itaporã.

Atualmente, as mães precisam se deslocar para a cidade de Dourados para fazer o exame. Em seu discurso a vereadora , solicita que o município arque com as despesas até que o município providencie o aparelho, pois a Lei federal nº 12.303 existe desde 2010, e o hospital da cidade ainda não dispõe deste equipamento..

A Lei federal nº. 12.303 está em vigor desde agosto de 2010, mas sempre é bom lembrar que ela obriga a realização gratuita do exame denominado Emissões Otoacústicas Evocadas nas crianças nascidas em todos os hospitais e maternidades.

A finalidade da lei é prevenir a deficiência auditiva ou mesmo de remediar, no caso dos bebês que apresentam surdez congênita. Todo o bebê está sujeito a apresentar problemas auditivos ao nascer ou adquiri-los nos primeiros dias de vida, por isso o teste é realizado logo no primeiro mês de vida " comentou a vereadora Lourdes Struziati.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE