MS tem nova queda na taxa de contágio pela covid-19, que já matou 1.449 vítimas

| CAMPO GRANDE NEWS


População na Capital indo às compras no Dia das Crianças (Foto: Henrique Kawaminami)

Com 237 casos do novo coronavírus, Mato Grosso do Sul acumula 75.076 infectados desde o início da pandemia. Nas últimas 24h, nove mortes foram registradas e o total chega a 1.449 óbitos no Estado.

Boa notícia divulgada durante boletim epidemiológico de terça-feira (13) é redução e estabilidade na taxa de contágio, que está em 0.96 há três dias, mas preocupa para as duas próximas semanas.

A taxa de contágio é o número que indica se a 'curva' da pandemia está crescendo ou diminuindo, de acordo com a SES (Secretaria Estadual de Saúde). Caso o índice seja inferior a 1, a estimativa é de que no próximo dia haverão cada vez menos pessoas contraindo a doença.

Durante boletim, o secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende, mencionou a recusa da população do Estado em fazer testes para covid-19. Segundo informado pela pasta, o Lacen (Laboratório Central) possui apenas 393 exames aguardando resultado - quantidade muito abaixo do que já foi anteriormente.

Mesmo assim, o titular da SES frisa a importância na população se testar para a doença, sobretudo depois dos dias de feriado, que segundo ele, podem influenciar negativamente nos números da pandemia em período de 14 dias.

Na sexta-feira [feriado para servidores público], sábado, domingo e segunda, nós percebemos que na cidades turísticas e na Capital houve de fato aglomerações e negação da população em usar máscara, principalmente os mais jovens. As regras de higiene não foram muito levadas a sério. Esperamos que isso não tenha um resultado daqui 14 dias nos casos e número de óbitos'.

Com base na média móvel, que analisa os registros diários a cada sete dias, o Estado registra 10,4 mortes por dia - número que não ficava tão baixo desde antes de julho. Além disso, Mato Grosso do Sul tem média diária de 361,4 novos casos da doença.

Boletim epidemiológico - Conforme a live de hoje que divulgou os dados da doença, Campo Grande registrou maior parte (150) dos novos infectados e dois dos falecimentos, chegando a 630. Entre municípios do inferior, Paranaíba, Nova Alvorada do Sul, Jardim, Sidrolândia, Rio Negro e Dourados registraram uma nova morte cada.

Atualmente, 390 pacientes estão internados em hospitais dos diversos municípios de Mato Grosso do Sul. Maior parte (139) estão em leitos públicos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE