VÍDEO: vendaval de cinzas e paredão de poeira deixam cenário ‘apocalíptico’ em Pantanal

Apesar do vento, ainda não choveu significativamente na região, de acordo com Inmet

| MIDIAMAX


Moradores se protegem contra vendaval de cinzas. (Imagem: Reprodução)

Apocalíptico. Essa é a descrição do cenário que a mudança no tempo trouxe ao Pantanal sul-mato-grossense. Vídeo registrado por moradores da comunidade da Barra do Rio São Lourenço, no município de Corumbá, mostra um vendaval de cinzas.

As imagens foram divulgadas pela ONG (Organização Não Governamental) Ecoa. Os moradores relataram que o vento levantou as cinzas que cobriam as águas do Rio Paraguai. Eles usam máscaras contra a Covid-19 para se proteger dos resíduos. O diretor da entidade, André Luiz Siqueira, classificou o episódio como ‘Apocalipse’.

Outro registro publicado nas redes sociais pelo usuário Souza Laercio mostra um paredão de poeira no Pantanal.

Prefeito de Aquidauana testa positivo para coronavírus e se recupera em casa

Ministério da Saúde habilita mais 56 leitos de UTI para Covid-19 em MS

“Quando vc acha que já viu tudo, passou por tudo, sentiu tudo, aí aparece uma visão apocalíptica dessa, em pleno PANTANAL, o fogo até pode ser cultural e sempre ' existir ' , mas isso aqui quero ver a velha guarda dar uma explicação de 300 anos', disse o usuário na publicação.

Apesar do vento, ainda não choveu significativamente na região. De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), somente na manhã desta quinta-feira (15) foi registrado 0,6mm de precipitação. Ontem (14), Corumbá teve a terceira maior temperatura do país, com 40,5ºC.

Veja o vídeo:

Imunidade de rebanho para controle da covid-19 é ‘falácia’, dizem cientistas

Vendaval destelha casas e drruba torre de 90 metros em MS

PF achou dinheiro entre as nádegas de vice-líder do governo, diz revista



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE