Após caminhão bater em poste, 3.4 mil pessoas ficam sem energia na região da Euler de Azevedo

Motorista deverá arcar com substituição do poste, que pode chegar a R$5 mil

| MIDIAMAX


Caminhão atingiu padrão após perder freio. Foto: Danielle Errobidarte

Após o motorista de um caminhão que transportava areia atingir um poste na Rua Euler de Azevedo, no bairro São Francisco, na tarde desta quarta-feira (4), cerca de 248 clientes continuam ser energia. Segundo a Energisa, em menos de um minuto, 3,4 mil clientes ficaram sem energia. No momento do acidente, um transformador ficou em chamas.

A substituição do poste será realizada, segundo a concessionária, ainda nesta quarta-feira, e é de responsabilidade do motorista arcar com os custos da troca. O valor varia entre R$500 e R$5 mil.

Em nota, a Energisa afirmou que, em casa do colisão de veículos com postes da rede de energia elétrica, “a orientação à população é não se aproximar de estruturas e não tocar ou se aproximar de cabos rompidos, caídos ao chão, e de partes metálicas do veículo'.

Operação Divisas Integradas 3 já cumpriu 81 mandados e prendeu 107 em flagrante em MS

Perícia aponta que incêndio que destruiu Atacadão pode ter sido ‘proposital’

Conforme apurado, o motorista do veículo, de 39 anos, estava com a esposa, de 34 anos, e disse que havia saído de uma mineradora para fazer entrega em uma obra na região do Coophasul. Ele parou em um semáforo na Avenida Euller de Azevedo, cruzamento com a Rua do Seminário, mas ao tentar engatar a primeira, não conseguiu e o veículo desceu de ré.

Ele tentou frear e puxou o freio de mão, mas como o caminhão não parou, optou por bater no poste e evitar acidente com automóveis que por lá transitavam. O casal precisou esperar dentro do caminhão até que a Energisa desligasse a energia.

Candidatos têm até sexta para pedir isenção na taxa do vestibular da UFGD

Mãe de Adriana Bombom está na UTI com coronavírus

Fogo destrói barracão de cerealista em Itaporã

“Como houve queda de fios de alta tensão, aconselhamos [o motorista] a aguardar até desligar a rede de energia. Os pneus tendem a isolar a energia e não permite que a vítima sofra a descarga. A partir do momento que ele encosta o pé no chão, ele pode sofrer uma descarga elétrica', disse o tenente do Corpo de Bombeiros Fernando Vilanova.

Com a queda do poste, fios também foram ao chão e um padrão de energia localizado na quadra seguinte foi tomado por incêndio. Vizinhos disseram ter ouvido vários estalos e ficaram assustados com o fogo. No entanto, a situação foi controlada pelos bombeiros e o casal saiu do caminhão sem nenhum ferimento.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE