Alan Guedes contraria pesquisas e é eleito prefeito de Dourados

| DOURADOSNEWS / ANDRé BENTO


Alan Guedes (ao centro) foi eleito prefeito de Dourados neste domingo com 34.242 votos - Crédito: Hedio Fazan/Dourados News

O vereador Alan Guedes (Progressistas) contrariou pesquisas de intenção de votos divulgadas ao longo da campanha e foi eleito prefeito de Dourados nas eleições municipais deste domingo (15). Às 21h13, o juiz eleitoral Cesar de Souza Lima anunciou que após 100% dos votos serem apurados, ele foi a opção de 34.242 (33,09%) eleitores e superou o deputado estadual José Carlos Barbosa, Barbosinha (DEM), de 31.650 (30,59%).

Racib Harb (Republicanos) ficou na terceira colocação, com 11.410 votos (11,03%), seguido por Mauro Thronicke (PSL), 10.496 (10,14%), João Carlos-Joca (PT), 9.662 (9,34%), Wilson Matos (PTB), 5.667 (5,48%), e Jeferson Bezerra (PMN), 344 (0,33%).

Aos 34 anos, Alan Aquino Guedes de Mendonça vai deixar o atual cargo, de presidente da Câmara de Vereadores, para governar o município com orçamento de R$ 1.164.000.000,00 a partir de 1º de janeiro de 2021. Eleito pela coligação 'Respeito por Dourados', terá como vice-prefeito o médico cirurgião plástico Carlos Augusto Ferreira Moreira, de 37 anos, o Doutor Guto (PL).

Advogado e bacharel em relações internacionais, Alan Guedes nasceu no 25 de dezembro de 1985, em Dourados, onde cresceu e construiu sua história política. Ele foi candidato pela primeira vez em 2006, pelo PMN, a deputado estadual, mas os 1.483 votos obtidos não foram suficientes para eleição.     

Dois anos depois, em 2008, já pelo DEM (Democratas), concorreu a uma vaga na Câmara de Vereadores e ficou na suplência. 

Foi em 2012 seu primeiro êxito nas urnas, enfim eleito vereador, com 2.405 votos. Quatro anos mais tarde, a reeleição ocorreu com número ainda mais expressivo de votos, 2.897. 

Já na presidência da Câmara de Vereadores de Dourados, Alan Guedes ainda concorreu a deputado federal em 2018 e ficou na suplência com 11.145 votos. 

Ele deixou o DEM e se filiou ao PP (Progressistas) no dia 22 de março deste ano, justamente para conseguir viabilizar sua candidatura a prefeito, já que os Democratas haviam formado consenso pelo nome do deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha, que viria a ser derrotado nessa disputa. 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE