Ex-secretário é excluído da OAB acusado de falsificar documento público

Advogado informou que vai procurar saber sobre nesta quinta-feira o caso com o presidente do órgão

| CAMPO GRANDE NEWS


Wilton Acosta foi excluído da OAB acusado de falsificar documento público (Foto: Arquivo pessoal)

O advogado Wilton Edgar Sá e Silva Acosta, ex-secretário municipal da Juventude, foi punido disciplinarmente e excluído do quadro da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso do Sul). O comunicado foi publicado na edição desta quarta-feira (14) no Diário Oficial da Justiça.

De acordo com o órgão, o advogado teria infringido o Código de Ética da OAB-MS. Entre as acusações está a falsificação de documento público.

Wilton Edgar Sá e Silva Acosta foi secretário da Juventude na gestão de Alcides Bernal(PP) na Prefeitura de Campo Grande.

Procurado pela reportagem, o advogado afirmou que tomou conhecimento do fato via terceiros e que vai procurar se informar sobre a situação amanhã com o presidente da OAB-MS, Mansour Elias Karmouche.

“Fui pego de surpresa, mas vamos esclarecer os fatos, encontrar os fundamentos jurídicos. Vamos apresentar recurso. Da minha parte não houve irregularidade”, disse o advogado.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE