MP reforça grupo de promotores na investigação de assassinato de vereadora

Cinco promotores cuidarão de apuração da morte

| AGêNCIA BRASIL


Vereadora foi executada após deixar evento no Centro do Rio - Foto: Divulgação

O procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, designou hoje (21) um grupo de cinco promotores do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para auxiliar a 23ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal na apuração do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes dos Santos Santos, na quarta-feira passada (14), no Rio.

A parlamentar estava indo para casa na Tijuca, zona norte, após participar de um encontro de mulheres negras, na Rua dos Inválidos, na Lapa. 

O reforço foi solicitado pelo promotor Homero das Neves Freitas Filho, titular da 23ª Promotoria de Justiça, que tem atribuição para atuar junto à Delegacia de Homicídios da Capital, responsável pelo inquérito policial que apura a morte de Marille e de Anderson.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE