Enelvo Felini fala sobre regularização de terras para pequenos produtores

"Existem famílias que estão há 20 anos nas terras e ainda não estão com a situação regularizada. É preciso reverter este cenário, pois com a regularização, a produção do nosso Estado só tem a ganhar"

| ASSEMBLEIA LEGISLATIVA


Em seu pronunciamento, Enelvo apresentou os números dos assentamentos e salientou a necessidade de mais atenção aos pequenos produtores

No primeiro pronunciamento já como deputado estadual, Enelvo Felini (PSDB) apresentou os números atuais sobre a situação das famílias assentadas em Mato Grosso do Sul. E trouxe aos parlamentares informações de que a estimativa para  a entrega de títulos, regularização dos lotes, deve ocorrer brevemente, dentro de 60 dias. 

"Existem famílias que estão há 20 anos nas terras e ainda não estão com a situação regularizada. É preciso reverter este cenário, pois com a regularização, a produção do nosso Estado só tem a ganhar", declarou. Ele salientou que a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) atuou com a Superintendência do Incra para agilizar a regularização.

Ainda durante o pronunciamento, Enelvo informou que existem no Estado 5.054 famílias em 126 assentamentos, a maioria não regularizada e, cujos títulos devem estar formalizados em 60 dias.  Na responsabilidade do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) estão quase 28 mil famílias, distribuídas em 204 assentamentos.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE