Autoridades procura por 'psicopata' que matou família inteira no interior de Brasília e Goiás

Cerca de 17 fazendas estariam ocupadas por policiais

| MIDIAMAX


Lázaro também atirou em quatro pessoas e ateou fogo em uma casa durante fuga - Reprodução| Polícia Civil do DF

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás e a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal montaram uma força tarefa para capturar Lázaro Barbosa Sousa, de 33 anos, suspeito de cometer um quádruplo latrocínio em Ceilândia, interior de Brasília e um quinto em Goiás.

No último sábado (12), em Cocalzinho de Goiás, o sujeito ainda baleou mais três pessoas, sendo duas em estado grave no hospital. De acordo com as informações das secretarias, o quinto homicídio teria ocorrido na semana passada, quando o suspeito assassinou a família de Claudio Vidal em sua chácara. 

De acordo com o jornal O Globo, a força tarefa conta com a Polícia Militar (PM-DF), Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Polícia Civil do Distrito Federal. Agentes acreditam que Lázaro está armado com um revólver calibre .32 e possivelmente de outras armas e munição roubada das residências que invadiu ao longo da última semana. Cerca de 17 fazendas da região estariam ocupadas por policiais. 

Na manhã desta segunda-feira (14), o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda (DEM), esteve acompanhando as buscas pelo suspeito. Ele se referiu ao criminoso como um psicopata

Lázaro é ainda condenado por homicídio na Bahia, além de já ser procurado por crimes de roubo, porte ilegal de armas de fogo e estupro no Distrito Federal e no estado de Goiás.

Conforme a polícia, ele foi preso em 8 de março de 2018 pelo Grupo de Investigações de Homicídios de Águas Linda.Porém, fugiu do presídio no dia 23 de julho, apenas quatro meses depois. Desde então, segue foragido.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE