Como a destruição de 120 kg de queijo trouxe à tona a defesa de pequenos produtores rurais

| MIDIAMAX


Foto: Reprodução

No começo deste mês, a fazenda Lano-Alto, em São Luiz do Paraitinga, foi interditada pela Coordenadoria da Defesa Agropecuária de São Paulo (CDA) e teve seus produtos destruídos pelo órgão numa ação que gerou muita polêmica entre profissionais da gastronomia.

O motivo da interdição, que destruiu 120 quilos de queijo curado, 45 litros de iogurte e 9 quilos de requeijão, foi a falta de um registro chamado Selo de Inspeção Municipal. É ele quem confere a qualidade de produtos de origem animal.

O município onde a fazenda está localizada, no entanto, não emite esta autorização, deixando os pequenos produtores locais impossibilitados de buscar legalização.

O caso gerou uma onda de críticas entre famosos chefs de cozinha, como Bela Gil, que usou seu perfil no Instagram para fazer um desagravo.

Foto : Reprodução


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE