Rainha Elizabeth retira títulos reais do próprio filho, acusado de pedofilia

Títulos militares também foram tirados de Andrew, que responderá como um cidadão comum

| JD1 NOTíCIAS/MéRI OLIVEIRA, COM BBC NEWS


Envolvido em um escândalo sexual, o príncipe Andrew viu seus títulos sendo retirados pela própria mãe, a Rainha Elizabeth, nesta quinta-feira (13), após a justiça estadunidense anunciar o prosseguimento de um processo civil, onde ele figura como réu, sob a acusação de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre em 2001, quando ela tinha 17 anos de idade, negando o pedido de arquivamento feito pela defesa. 

De agora em diante, Andrew, que era o Duque de York, deixará de ser chamado de Sua Alteza Real e seus papeis cerimoniais como representante da família real serão passados a outros membros da realeza britânica, e ele não realizará nenhum dever público enquanto se defende como 'cidadão comum'.

Os títulos militares, como coronel-chefe dos Guardas de Grenadier (um dos regimentos de mais alto escalão no Exército britânico), coronel-chefe do Regimento Irlandês Real e comodoro-chefe de uma frota da Força Aérea Britânica, também foram retirados dele.

Andrew segue negando as acusações e afirma que continuará se defendendo.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE