Piauí caminha rumo ao título de maior produtor de energia eólica da América Latina

Piauí já possui 29 parques instalados e em operação e tem mais 23 em construção.

| ASCOM


Parque eólico. (Foto: Reprodução)

O Piauí está em segundo lugar como estado que possui mais fontes renováveis na sua matriz energética, entre os estados nordestinos. Os dados foram divulgados pelo boletim do Ministério de Minas e Energia, onde apresentam a evolução no setor do Estado e as indicações que as fontes ocupam 49,1% da oferta interna de energia em âmbito local.

O secretário de Mineração e Energias Renováveis, Luís Coelho, afirma que o Piauí está vivendo um bom momento no setor de energia renovável. “Os resultados são muito confortáveis para o Estado, pois mostra que estamos no caminho certo. O nosso corredor de vento tem projeção maior que os demais Estados, e estamos caminhando para que o Piauí seja o maior produtor de energia eólica da América Latina”, declara.

De acordo com os dados lançados no boletim, a perspectiva é que o Estado passe por um avanço ainda maior nos próximos anos, na fonte eólica, pois o Piauí já possui 29 parques instalados e em operação e tem mais 23 em construção, segundo o relatório da Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE).

Segundo o secretário Luís Coelho, a oscilação entre segundo e terceiro lugar do Piauí ocorre devido a estes parques energéticos em construção. “À medida que as construções são realizadas, é descontado energia no sistema nacional”, informa.

Os dados atualizados destacam que o potencial de produção chega atualmente a 808,4 Megawatts (MW) e chegará a 1445,8 MW assim que os empreendimentos forem concluídos no Estado. Os resultados são ainda mais positivos embasados na capacidade total de potência prevista nestes empreendimentos, na posição de segundo lugar do país, com 640,2 Megawhats (MW).


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE