PRF faz pregão dia 22 para retomar construção da Base Operacional de Sidrolândia

As obras orçadas em R$ 1,2 milhão, foram iniciadas em março de 2015

| REGIãO NEWS


PRF faz pregão dia 22 para retomar construção da Base Operacional de Sidrolândia

A Polícia Rodoviária Federal marcou para o próximo dia 22, das 9 às 10h30 (hora de Brasília) o pregão eletrônico para licitar a conclusão das obras de reforma e ampliação da Base Operacional de Sidrolândia na BR-060, saída para Campo Grande. 

 

A construção está parada desde março de 2016, quando foi rescindido o contrato com a empresa que venceu a primeira licitação por ter descumprido o cronograma de execução e falido. Desde então os policiais estão trabalhando de forma precária nas instalações de uma antiga escola municipal em frente da base.

 

As obras orçadas em R$ 1,2 milhão, foram iniciadas em março de 2015. Paradas três meses depois por falta de pagamento e retomadas em julho daquele ano, sendo interrompidas em março do ano passado, com a falência da empreiteira.

 

Nesta terça-feira (12) a Polícia Rodoviária Federal publicou edital de dois pregões para retomada e conclusão das bases operacionais de Sidrolândia e Três Lagoas. Serão investidos nas duas bases R$ 2.138.096,01.

 

A reforma

 

Junto com a reforma e ampliação do posto no quilômetro 409 da BR-060, na entrada da cidade, a Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal planeja instalar câmeras de monitoramento em dois trechos da rodovia dentro do território do município: nas proximidades do Bolicho Seco, onde já há um radar de controle de velocidade e na saída para Maracaju e Nioaque, nas proximidades do Posto Global. A rodovia é hoje um corredor de contrabando, descaminho e tráfico de drogas oriundos do Paraguai.

 

Este mesmo equipamento de raio-x já foi instalado nos postos da PRF em Coxim e Ponta Porã. Um scanner, acoplado a uma plataforma de veículo descaracterizado, faz uma radiografia completa, principalmente de caminhões em circulação pelas rodovias. As imagens captadas em raio X são produzidas com auxílio de software e visualizadas em um monitor pelos policiais.

 

Como parte da reforma e ampliação do posto, que ganhará mais 167,25 metros quadrados (hoje tem 212,6 metros quadrados), haverá salas para a Polícia Federal, Receita, equipamentos de raio-x para fiscalização das cargas, além de um pátio coberto com rampa para deslonar os caminhões.

 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE