Em Mato Grosso do Sul, 10 mil profissionais escolhem hoje a nova diretoria do Crea

Serão definidos ainda representantes do Confea e Caixa de Assistência

| CORREIO DO ESTADO


Em MS, mais de 10 mil funcionários devem votar - Foto: Divulgação

Eleições para escolher a nova diretoria regional e federal do Conselho Regional de Engenharia  e Agronomia (Crea) serão realizadas nesta sexta-feira (15). Só em Mato Grosso do Sul, ao menos 10 mil profissionais devem votar.

As votações ocorrem das 9h às 19h em todo País. No Estado, serão 17 locais de votação para facilitar a participação dos profissionais que moram no interior.

Além da eleição regional, o sistema elegerá representantes  para o Conselho Federal (Confea) e diretoria regional da Caixa de Assistência dos profissionais do Crea (Mútua).

O sistema Confea/Crea e Mútua representa os seguintes profissionais: todos os segmentos da engenharia, agrônomos, geógrafos, geólogos, meteorologistas, tecnólogos e técnicos de nível médio da área da engenharia e agronomia. Os vencedores assumirão mandato entre 1º de janeiro de 2018 a 31 de dezembro de 2020.

CANDIDATOS

Ao todo, três candidatos disputarão as eleições para o próximo triênio: o engenheiro agrônomo Dirson Artur Freitag (reeleição), engenheiro civil Marco Antônio Paulino Maia e engenheiro ambiental Rodrigo Costa.

Para representação federal concorrem: Cláudio Calheiros (engenheiro agrônomo), Murilo Pinheiro (engenheiro eletricista), Jobson Andrade, Joel Krüger, José Ribeiro e Urubatan Barros (todos engenheiros civis).

Para diretoria geral da Caixa de Assistência Mútua-MS participam: Ahmad Hassan Gebara (engenheiro civil) e Vânia Abreu de Mello (engenheira agrimensora) para diretores gerais; Ângelo César Ajala Ximenes (engenheiro agrônomo) na diretoria financeira e Valter Almeida da Silva (engenheiro civil), para diretoria financeira.

Cabe destacar que o Crea/MS atua como órgão fiscalizador que protege a sociedade de danos causados por trabalhos não legalizados ou profissionais que não sejam habilitados. Com essas medidas o conselho impede a atuação de leigos, garante segurança para a população e mercado de trabalho para o profissional registrado.

(*) Matéria editada às 10h para correção de informações. 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE