Paciente descontrolada destruiu 430 ampolas de medicamentos durante ataque

Mulher também estragou insumos como seringas, termômetros e gazes

| CORREIO DO ESTADO


Paciente descontrolada destruiu 430 ampolas de medicamentos durante ataque

A paciente descontrolada que destruiu materiais na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Coronel Antonino neste domingo (18) causou grande prejuízo à Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau). De acordo com levantamento da pasta, foram 430 ampolas e quatro frascos de medicamentos.

Segundo a secretaria, além dos remédios houve dano em cinco termômetros de mercúrio, dez pacotes de 500 unidades de gazes, cinco pacotes com 100 unidades de abaixadores de língua, 100 seringas 5 ml, 10 ml e 20 ml, duas insulinas NPH, duas insulinas regulares e 10 caixas de luvas de procedimento.

Mesmo com o prejuízo, a Sesau alega que o atendimento foi normalizado na tarde de ontem mesmo e os pacientes não foram prejudicados em momento algum. “Os materiais foram repostos ontem mesmo, pois são materiais de uso comum e da rotina da unidade. A enfermeira responsável pelo plantão registrou Boletim de Ocorrência”, informa a nota.  

Ainda conforme a nota da administração, as investigações estão a cargo da Polícia Civil e os valores estão sendo levantamento. “É importante ressaltar que além dos danos causados ao erário público, a atitude da paciente colocou em risco a integridade dos profissionais que estavam de plantão no momento dos fatos e os demais pacientes que estavam em atendimento”.

Após o ato, a paciente foi para a Santa Casa de Campo Grande e posteriormente para a UPA do Bairro Leblon. Na unidade ela recebeu atendimento e foi encaminhada para a delegacia pela Guarda Municipal.

CASO

Na tarde de ontem (18), a paciente que aguardou durante 20 minutos por avaliação médica na UPA Coronel Antonino, destruiu materiais da sala de observação, além de medicamentos e insumos. O caso aconteceu por volta das 16h.

A mulher deu entrada às 15h40, acompanhada da filha, passou pela classificação de risco e acolhimento da enfermagem e foi encaminhada para o setor verde, onde permaneceu em observação.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE