De olho nas eleições, Delcídio Amaral assume presidência do PTB

Ex-senador e delator na Operação Lava Jato, Delcídio Amaral retomou a carreira política. De olho nas eleições do próximo ano, ele já prepara as “chuteiras” para voltar ao jogo político-eleitoral. Só que em nova legenda. Delcídio vai filiar-se ao PTB. Mas não para por aí, assumirá, neste dia 21, a presidência estadual da sigla

| RADIOJOTAFM


Reprodução

“Cheguei à conclusão de que seria um bom nome para presidir o partido. Conciliar o mandato de deputado estadual com a presidência da legenda acaba bagunçando”,

explicou o deputado estadual Neno Razuk, atual presidente do PTB em Mato Grosso do Sul.

No horizonte, há a possibilidade de Delcídio sair candidato à prefeitura de Campo Grande em 2020. “No estado, o nome Delcídio é muito forte e ele pode pleitear o cargo que quiser em qualquer município”, prosseguiu Razuk.

A cerimônia, segundo o atual presidente estadual da sigla, será na Câmara Municipal da capital do estado, Campo Grande.

Delcídio e o presidente nacional da legenda, Roberto Jefferson, são esperados para o evento. Em comum, ambos implicaram o lulopetismo em denúncias de corrupção.

Em 2005, Roberto Jefferson foi a público denunciar o esquema de compra de apoio político pela primeira gestão de Luiz Inácio Lula da Silva. O escândalo ficou conhecido como “mensalão”. Delcídio, por outro lado, fez delação premiada na qual envolveu igualmente o ex-presidente.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE