Presidente da CUT-MS é preso durante fiscalização em Porto Alegre

Ônibus havia sido contratado pela CUT do MS para levar os integrantes

| CORREIO DO ESTADO


Presidente da CUT-MS é preso durante fiscalização em Porto Alegre

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) do Mato Grosso do Sul, Genilson Duarte foi preso nessa madrugada, durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-386, em Montenegro, Região Metropolitana de Porto Alegre.

O mandado de prisão, contra Duarte, pelo crime de retardar ou omitir dados técnicos indispensáveis para uma ação civil pública estava em aberto desde novembro do ano passado. 

Segundo informações do site Gaúchazh, a barreira policial foi montada para fiscalizar os veículos que estavam indo à Porto Alegre, para o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O veículo em que Duarte e outras 46 pessoas estavam foi abordado por volta das 5h. 

 

De acordo com a PRF, o ônibus estava sem as licenças necessárias da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O ônibus havia sido contratado pela CUT do MS para transportar os integrantes do movimento até Porto Alegre.

O veículo foi apreendido e os passageiros precisaram ser encaminhados para outros veículos até Porto Alegre. Duarte foi preso e encaminhado até a Polícia Civil de Montenegro (RS). 

OUTRO LADO 

Integrantes do movimento informaram ao Portal Correio do Estado que esta ação não é criminal, é cívil e diz respeito a eleição sindical desde 2015 em que Duarte foi negligente na questão jurídica da ação. Segundo determinação judicial, ele não poderia sair do Estado. 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE